Bills WR Isaiah McKenzie enfrenta disciplina da NFL por não usar máscara nas instalações – NFL.com

Receptor do Buffalo Bills Isaiah McKenzie revelou que enfrenta a disciplina da NFL por violar os protocolos COVID-19 da liga para jogadores não vacinados por não usar máscara dentro das instalações do time.

McKenzie escreveu: “Eles me pegaram! @NFL você ganhou!” em um post nas redes sociais de quinta-feira em que incluiu uma cópia da primeira página de uma carta que recebeu da liga informando-o da violação. Foi a segunda violação de McKenzie; a liga emitiu um aviso para ele em 27 de julho, um dia antes de o Bills abrir o campo de treinamento.

De acordo com as regras da liga, a primeira ofensa por violação dos protocolos resultará em uma multa de $ 14.650 . Violações repetidas podem resultar na suspensão ou multa de um jogador de uma semana de salário.

“É lamentável quando os jogadores são multados, certo?” O técnico do Bills, Sean McDermott, disse na quinta-feira sobre a disciplina de McKenzie. “Dito isso, essas regras foram acordadas, em vigor e bem comunicadas há algum tempo. Portanto, é importante para nós nos concentrarmos em estar seguros e saudáveis, isso é o número 1, sempre foi o número 1, e depois o não . 2 está fazendo o nosso melhor para permanecer focado no objetivo e no propósito de estarmos aqui, que é ganhar jogos de futebol. “

Desde o início do campo de treinamento, a NFL enviou avisos por escrito para cerca de 120 jogadores em todo o folheto e multou 25 jogadores por se recusarem a usar uma máscara e / ou dispositivo de rastreamento Kinexon, relatou Tom Pelissero da NFL Network, por fonte.

A NFL escreveu que McKenzie falhou duas vezes em usar máscara na quarta-feira. A primeira violação ocorreu enquanto ele caminhava pela casa de campo da equipe até a sala do treinador, e a segunda foi no final do dia, enquanto ele estava em uma área de reunião da sala de musculação perto de outros jogadores.

A liga também notou que sua violação ocorreu logo após a equipe da NFL fazer uma apresentação lembrando os jogadores dos requisitos para o uso de máscaras e que penalidades podem resultar para os jogadores que não o fizerem.

“Para jogadores que não estão totalmente vacinados contra COVID-19, como você, sua conduta é expressamente proibida pelos protocolos”, escreveu a NFL. “Novamente, sua conduta potencialmente comprometeu não apenas sua segurança, mas a segurança de outras pessoas, bem como a capacidade da liga de garantir que o campo de treinamento do seu clube seja conduzido de maneira segura.”

McKenzie foi afastado dos gramados na quarta-feira e usou o braço esquerdo em uma tipóia após ter se machucado um dia antes.

Sua violação vem dias depois quatro jogadores do Bills foram obrigados a passar pelo menos cinco dias em quarentena após serem considerados como tendo contato próximo com um treinador que testou positivo para COVID-19.

Os quatro jogadores são receptores Cole Beasley e Gabriel Davis e tackles defensivos Star Lotulelei e Vernon Butler Todos os quatro testaram negativos na terça-feira, enquanto o gerente geral Brandon Beane disse que o treinador – que está vacinado – está apresentando sintomas leves.

Beasley respondeu ao tweet de McKenzie na quinta-feira, escrevendo , “Não se preocupe, eles me pegaram também. Mas eu estava usando uma máscara quando entrei em contato direto com um treinador totalmente vaxxed cujo teste foi positivo e ainda fui enviado para casa. Então, para que serve a máscara? Enquanto isso, ainda estou aqui com o teste negativo e não posso voltar. Faça sentido. “

Recebedor do Fellow Bills Stefon Diggs anotado em um tweet a seguir , “15k é muito dinheiro lol …”

A Associated Press contribuiu para este relatório.


Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *