JuJu Smith-Schuster: Não há ressentimentos contra o A.B.

Embora a saída deAntonio Brownde Pittsburgh certamente não tenha falhado no departamento de teatro, aJuJu Smith-Schustersustenta que não há nenhum remanescente entre ele e seu ex-companheiro de equipe com o minicamp obrigatório em andamento.

Quase três semanas depois de dizer que a química do time está “no ponto” após o trade que mandou Brown para oOakland Raidersem março, o novo receptor No. 1 doPittsburgh Steelersabordou onde as coisas estão hoje.

Escusado será dizer que ele não está prevendo qualquer flareups como os doisparticiparam no Twitternesta primavera na próxima vez que ele e Brown estão na mesma vizinhança.

“Eu olhei para ele como um modelo e, nessa situação, não queria que terminasse assim. Não tenho ressentimentos contra ele”, disse Smith-Schuster à mídia em seu armário na quarta-feira. “Obviamente, se estivéssemos sempre na mesma sala, eu vou dizer o que está acontecendo com ele. Acho que o ódio é uma palavra enorme para se usar contra alguém.

“No final do dia, ele é um grande jogador. Ele sai todos os dias, sua ética de trabalho. Ele trabalhou duro. Fora isso, eu não tenho nada para ele ou algo assim.”

Smith-Schuster, 22 anos, é agora o alfa entre um grupo de receptores que procuram se mostrar após a partida do carismático Brown. Talvez jogar com Brown por duas temporadas deu ao jovem de fora, que fez oPro Bowlem 2018 após uma temporada com 111 capturas, 1.426 jardas e 7 TDs, as ferramentas necessárias para assumir em seu terceiro ano.

Só o tempo dirá se a Smith-Schuster pode estabilizar osSteelerscom uma carga de trabalho maior e preencher o vazio deixado pelo sete vezes Pro Bowler.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *