Defensor, Villafuerte dispensou vice-presidências de comitês da Câmara

Defensor, Villafuerte dispensou as vice-presidências do comitê da Câmara

Na segunda-feira, a liderança da Câmara dos Representantes retirou as atribuições de comitês de dois aliados ferrenhos do ex-presidente e atual representante de Taguig-Pateros Alan Peter Cayetano, que o ajudou a formar o novo bloco político BTS, uma sigla tirada do popular grupo K-pop .

Rep. Mike Defensor e Rep. Lray Villafuerte

Depois que os fãs do BTS se ofenderam com o grupo por supostamente “politizar” a imagem de seus ídolos, a liderança do Orador Lord Allan Velasco também mostrou seu descontentamento ao dispensar Reps. Michael T. Defensor (Anakalusugan Partylist) e LRay Villafuerte (NP, Camarines Sur) das atribuições de vice-presidência.

O defensor, recentemente demitido do cargo de presidente da Comissão de Contas Públicas e Bom Governo da Câmara, perdeu a vice-presidência de cinco painéis da Câmara – as Comissões de Saúde, de Informação Pública, sobre Drogas perigosas e nas contas públicas.

Asst. O Líder da Maioria e Zamboanga Sibugay Rep. Wilter Palma também se moveram para destituir Defensor como vice-presidente do Comitê Especial da Câmara sobre Inteligência Estratégica.

Palma também declarou em uma moção que a maioria também queria que Villafuerte fosse removido como vice-presidente do influente Comitê de Contas.

Como se para adicionar um insulto à injúria, a liderança da Câmara moveu-se para colocar o deputado Arnie Fuentebella do 4º distrito de Camarines Sur em seu lugar. Fuentebella e Villafuerte pertencem aos clãs políticos mais poderosos, porém ferozes, dessa província.

Em um comunicado divulgado na noite de segunda-feira, a liderança da Câmara defendeu sua decisão, enfatizando que Defensor e Villafuerte foram retirados da equipe de gestão “após seus ataques cruéis e inadequados” contra Velasco e sua liderança.

Recorde-se que Villafuerte foi o primeiro a receber a ira de Velasco por desempenhar o papel de crítico declarado do orador em exercício durante a disputa de palestrantes de setembro a outubro do ano passado.

O ex-governador da Camarines Sur foi expulso como vice-presidente quase instantaneamente depois que Velasco foi empossado ao cargo de orador para substituir Cayetano.

O alívio dos dois aliados de Cayetano veio poucos dias depois de se juntarem ao ex-palestrante em uma coletiva de imprensa para anunciar a formação do bloco BTS (Back to service) que não perdeu tempo em atacar a atual liderança da Câmara por supostamente se envolver em “política demais”.

O grupo descreveu o BTS como um bloco de maioria independente.

Também no grupo estavam os Reps. Raneo Abu (NP, Batangas); Fredenil Castro (Lakas-CMD, Capiz); Dan Fernandez (NUP, Laguna) e Jonathan Sy-Alvarado (NUP, Bulacan).

O grupo Velasco já tratou os quatro com movimentos retaliatórios pelo seu respectivo papel no bloqueio medidas de Velasco para forçar Cayetano a cumprir um acordo de cavalheiros por um período de participação no cargo de orador.

O vice-presidente Lito Atienza disse que o destino que se abateu sobre Defensor e Villafuerte foi uma “consequência direta” de suas declarações criticando Velasco, que como presidente do bloco dirige o bloco majoritário aliado de Malacanang.

“Os dois não podem reclamar, especialmente quando disseram que perderam a fé na atual liderança da Casa”, disse Atienza.

Ele afirmou que o movimento da liderança “não foi sobre vingança ou vingança política”.

“Estamos apenas cumprindo sua decisão de fugir da maioria liderada pelo Presidente, a quem criticavam abertamente ”, apontou.

Atienza também era um crítico vocal de Cayetano, que foi espancado de forma muito pior durante o mandato deste último como orador.

Atienza foi negado associação ordinária a qualquer um dos mais de 80 comitês e órgãos da Câmara Baixa.

INSCREVA-SE NO NEWSLETTER DIÁRIO

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER

VOCÊ PODE GOSTAR

2021-01-18 22:06:29

[2597782,2597819,2597816,2597798,2597792,2597790,2597785]

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *