Correção: história de investigação-eleição na Geórgia

ATLANTA (AP) – Em uma história de 10 de fevereiro de 2021, sobre uma investigação sobre possíveis tentativas de influenciar o Eleições de 2020 na Geórgia, The Associated Press, com base em informações fornecidas por uma fonte, relatou erroneamente o então presidente Donald Trump pressionou um investigador eleitoral da Geórgia para “encontrar a fraude” e disse que faria do investigador um herói nacional. Uma gravação da ligação tornada pública dois meses depois revelou que Trump não disse nada e, em vez disso, disse que se o investigador investigasse o condado de Fulton, ele “encontraria coisas que serão inacreditáveis”. Trump também disse ao investigador: “Quando sair a resposta certa, você será elogiado.”

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *